Visão

Legado? Este gajo é um exibicionista!

Por a 15 Julho, 2018

Boa tarde malta,

Como já devem saber, o Ronaldo aterrou em Turim e amanhã vai ser apresentado na Juventus! Loucura na comunicação social, este “exibicionista”…

 

Hoje decidi escrever o post sobre este “gajo” porque me tenho passado com algumas coisas escritas sobre ele, pessoas com visão curta, chateadas com a sua própria mediocridade, e descarregam no gajo que não tinha nada, trabalhou que nem um cão para safar a família toda, e agora ainda tem de levar com estes “sem vida”. Como é possível acusarem uma pessoa destas de querer “ainda mais”? Aos 33 anos devia era ficar confortável onde está? Este gajo quer provar que consegue ter sucesso em qualquer país, exibicionista?

Fico incrédulo com o que oiço hoje em dia…

Mas desde quando é que querer deixar um legado, na única vida que temos, é uma coisa má?

A minha visão sobre isto é simples, aos 33 anos (perto do fim da carreira), tem de fazer o contrato da vida dele para melhorar a sua condição financeira, se no Real Madrid não queriam renovar o contrato, ele tratou da sua vida e encontrou quem pagasse e lhe permitisse continuar a lutar por ser o melhor jogador do Mundo. Portanto, vejo aqui duas coisas importantes:

  • A busca de mais condições financeiras, independentemente se tem muitos milhões ou não, até porque o dinheiro depende da gestão que lhe é feita, ele vem e vai… mas se conseguirmos safar as próximas gerações da nossa família por aquilo que construímos, isso é uma atitude super positiva.
  • Querer continuar a ser o melhor do Mundo é o objectivo dele. E por isso é um exibicionista? Para mim é! Mas porque exibe valores em vias de extinção aos filhos e a quem o rodeia! Qual é o jogador na história do futebol que aos 33 anos continua com a atitude de se querer superar (ser o melhor do Mundo), de nunca desistir, de ter ações diárias que o ajudem no objetivo final…? Que tipo de valores vão os filhos receber? Será que esta “exibição” é má? Claro que não, é ótima! Os putos vão crescer com a mentalidade de querer vencer na vida, não vão andar aí só a lamentar, a dizer que têm azar e que a culpa é do governo, bla bla bla.

 

Isto é aquilo em que eu acredito, são estes tipos de pessoa que me fazem correr, que me inspiram a ter a mesma mentalidade, a mesma atitude nos desafios, em qualquer área. Apenas tenho pena que as pessoas não se apercebam que elas é que não têm vida, porque se realmente estivessem a lutar como ele, não sentiriam o choque de mentalidade e muito menos falavam de algo que não percebem, até porque estão apenas no Mundo da mediocridade, apenas lutam pelos limites da sorte ou do azar.

 

Força malta, para a semana estou por cá novamente!

 

Abraço

 

 

TAGS
RELATED POSTS

LEAVE A COMMENT

ANDRÉ NAVE
Lisboa, Portugal

André Nave, mais conhecido por “Nave”, jovem empreendedor, tem 25 anos, nasceu num seio familiar honesto e trabalhador, tímido, mas com objetivos e sonhos grandes. Finalizou a sua licenciatura de Comunicação e Marketing em 2014, onde trabalhava em cafés e call centers enquanto estudava, de seguida ingressou na sua área, no mercado tradicional, em empresas multinacionais, estava completamente iludido sobre o seu futuro de vida, tendo tomado uma decisão inequívoca de lutar pelos seus sonhos, utilizando a mentalidade empreendedora como veículo.