SOBRE

ANDRÉ NAVE

André Nave, mais conhecido por “Nave”,  jovem empreendedor, tem 25 anos, nasceu num seio familiar honesto e trabalhador, tímido, mas com objetivos e sonhos grandes. Finalizou a sua licenciatura de Comunicação e Marketing em 2014, onde trabalhava em cafés e call centers enquanto estudava, de seguida ingressou na sua área, no mercado tradicional, em empresas multinacionais, estava completamente iludido sobre o seu futuro de vida, tendo tomado uma decisão inequívoca de lutar pelos seus sonhos, utilizando a mentalidade empreendedora como veículo.

Desde cedo, enquanto jovem, mostrou interesse pelo empreendedorismo, pela possibilidade de lutar pelos seus sonhos, mas a falta de experiência e financiamento fê-lo seguir o caminho que cerca de 97% da sociedade segue (faculdade, mercado tradicional, desmotivação, reforma em risco).

Com este espírito, ao chegar ao mercado tradicional, apercebeu-se da realidade salarial, horária e falta de reconhecimento que existe na maioria das empresas em Portugal, olhava para os seus colegas que estavam há 10/15 anos na empresa e não gostou da falta de condições de vida que tinham, das preocupações, do desespero e da falta de tempo livre, não se adaptou a essa perspectiva de futuro, pois iria ter os mesmos resultados que eles, caso seguisse o mesmo percurso.

Após um ano, já completamente saturado e desmotivado pela vida a que estava sujeito, decidiu procurar oportunidades para rentabilizar as horas extra, criar uma segunda fonte de rendimento, onde descobriu duas indústrias emergentes e começou a criar um trabalho por conta própria, na oportunidade de negócio, em que o sucesso apenas depende de si.

Tendo apenas duas horas, das 22h ás 24h, para os seus negócios, e cansado, estafado das horas de trabalho no emprego, apercebeu-se que nestas indústrias (de oportunidade de negócio) existiam pessoas de sucesso com um estilo de vida que ele sempre sonhou, onde predominava o tempo para a família e a liberdade financeira. Com esta identificação, percebeu que tinha de aprender a mentalidade empreendedora, pagar o preço do esforço, do dinheiro, de privar-se de vários momentos para chegar ao seu sonho e isso fê-lo ficar obcecado pela criação da sua liberdade de vida, para passar o tempo com quem mais gosta, conseguir criar condições à sua família, para que não tenham preocupações e cumpram os seus sonhos.

Actualmente, começa a ter resultados muito interessantes nos negócios, a fazer palestras em universidades e empresas, utilizou o mercado tradicional em par-time para ter mais uma fonte de rendimento e novas possibilidades de investimento (hoje esse tempo é utilizado neste projecto), e o objectivo é de viver apenas de si, da sua criatividade, esforço, dedicação e visão. Considera-se um empreendedor feliz e longe vão os tempos em que trabalhar apenas para uma empresa, onde desgastado e deprimido, seria difícil ter a vida que sonhou, não podia ser o objetivo e resumo da sua vida futura. Hoje acorda ansioso na mesma, mas pelas condições que está a criar à família e pelas perspectivas de futuro.

Por fim, o objectivo do Nave é inspirar e ajudar cada vez mais pessoas a conhecerem a outra realidade, a criação de uma vida onde se “vive” e não se “sobrevive” apenas, onde os sonhos se realizam através dos veículos apropriados, com os processos de desenvolvimento eficazes e tempo certo – de forma a que: “tudo o que desejamos acontece”.